segunda-feira, 17 de março de 2014

Pipoca na Panela - Hora de Voltar

"Andrew Largeman (Zach Braff) é um ator de televisão razoavelmente bem sucedido, que vive em Los Angeles e leva sua vida num estado de torpor induzido por lítio há anos. Após a morte de sua mãe ele decide retornar à sua casa em Garden State, a qual não via há 9 anos. Mesmo distante por tanto tempo, Andrew não conseguiu escapar da dominação de seu pai, Gideon (Ian Holm). Preocupado em ter que retornar para casa após tanto tempo, ele encontra pelas esquinas de sua cidade-natal antigos conhecidos, que lhe relembram bons momentos de quando morava no local."

Eu não sabia que Zach Braff já havia dirigido. Nem que ele sabia interpretar algo diferente de comédia-pastelão. Aliás, chovem bons atores que não sabem escolher bons papéis, não é? Uma pena.

'Hora de Voltar', é um filme que começa anestesiado. Poucas emoções, poucas falas, pouca vontade de viver. E é nesse cenário que Natalie Portman surge: contagiante, simpática e muito, muito viva.


E o filme te conquista, simples assim. A trilha sonora muda, as cores mudam, a atmosfera muda! 

Não que seja um grande filme, mas certamente é um filme profundo. Algumas cenas clichês, algumas que deveriam ser retiradas, mas algumas que tocam o coração!

E ainda tem a trilha sonora: perfeita.


Parece que esse ano, Zach vai atacar de novo de diretor, em uma comédia dramática que ele escreveu junto com seu irmão. O nome em inglês será 'Wish I Was Here'. Com certeza vou assistir!

Confira o trailer de 'Hora de Voltar' aqui: